segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Matemática de mendigo

Um estagiário qualquer elaborou uma pesquisa um tanto quanto perfeita, pois o resultado que ele conseguiu obter é a mais pura realidade. Porém, esse tal realidade pode ser espelhada não só em estagiários, mas em grande número de assalariados por esse Brasil afora.

"Um sinal de trânsito muda de estado em média a cada 30 segundos (30 segundos no vermelho e 30 no verde). Então, a cada minuto um mendigo tem 30 segundos para faturar pelo menos R$0,10, o que numa hora dará: 60 x 0,10 = R$6,00.

Se ele trabalhar 8 horas por dia, 25 dias por mês, num mês terá faturado: 25 x 8 x 6 = R$ 1.200,00.

Será que isso é uma conta maluca?

Bom, R$6,00 por hora é uma conta bastante razoável para quem está no sinal, uma vez que, quem doa, nunca dá somente R$0,10 e sim R$0,20, R$0,50 e às vezes até R$1,00.

Mas, tudo bem, se ele faturar a metade: R$3,00 por hora terá R$600,00 no final do mês, que é o salário de um estagiário com carga de 35 horas semanais ou 7 horas por dia.

Ainda assim, quando ele consegue uma moeda de R$1,00 (o que não é raro!), ele pode descansar tranqüilo debaixo de uma árvore por mais 9 viradas do sinal de trânsito, sem nenhum chefe pra encher o saco por causa disto.

Mas considerando que é apenas teoria, vamos ao mundo real.

De posse destes dados, fui entrevistar uma mulher que pede esmolas, e que sempre vejo trocar seus rendimentos em uma padaria. Então lhe perguntei quanto ela faturava por dia. Imagine o que ela respondeu?

É isso mesmo, de R$35,00 a R$40,00 em média, o que dá 25 (dias por mês) x 35 = R$875,00 ou 25 x 40 = R$1000,00. Então na média R$ 937,50. E ela disse que não mendiga 8 horas por dia."

Moral da históra:
- É melhor ser mendigo do que estagiário (e muito menos professor), e pelo visto, ser estagiário e professor são pior que ser mendigo em termos de rendimentos.

- Se esforce como mendigo e ganhe mais do que um estagiário ou um professor.

- Estude a vida toda e peça esmolas; é mais fácil e melhor que arrumar emprego.

Agora imagine colocar meia dúzia de filhos pra trabalhar pra você. Aí já virou empresa!

E lembre-se: mendigo não paga 1/3 do que ganha pra sustentar um bando de ladrões."

Que país é esse?

domingo, 29 de novembro de 2009

Lovy Metal - Volume 1 (2001)

01. Queensryche - Silent Lucidity
02. Scorpions - Still Loving You
03. Extreme - More Than Words
04. Skid Row - I Remember You
05. Nelson - Only Time Will Tell
06. Winger - Miles Away
07. Poison - Something To Believe In
08. Firehouse - When I Look Into Your Eyes
09. Century - Lover Why
10. Kansas - Dust In The Wind
11. Europe - Carrie
12. Mr. Big - To Be With You
13. Warrant - Heaven
download via Megaupload
download via Rapidshare

sábado, 28 de novembro de 2009

Yes, o rock 'n roll ainda sobrevive!

Símbolo máximo da juventude e de rebeldia contra a mesmice, o rock 'n roll nunca combinou muito bem com a idéia de envelhecimento. Mas 36 anos depois de plugar o mundo em seu hard rock de altíssima voltagem, o AC/DC parece longe de dar sinais de que esteja perdendo energia.

Diante de um Morumbi lotado, com mais de 65 mil pessoas, a banda formada na Austrália pelos irmãos escoceses Angus e Malcolm Young subiu ao palco às 21h35 e fez uma apresentação de exatas duas horas de duração, com direito a explosões, muito suor e um mar de chifrinhos luminescentes que fizeram as arquibancadas do estádio brilhar do começo ao fim do espetáculo. No palco, um show à parte de luzes e tecnologia: telões em alta definição exibiam trechos de animações e imagens em estilo de videogame e um conjunto de mais de 200 caixas de som proporcionavam um volume raramente ouvido em estádios.

O repertório, sem surpresas, foi praticamente o mesmo que vem sendo apresentado na turnê de "Black Ice", 15º e mais recente álbum de estúdio do grupo, que, apesar de lançado só em outubro de 2008 e de trazer poucas novidades, foi simplesmente o segundo disco mais vendido daquele ano.

Apoiado nas mesmas músicas (Back in black, Highway to hell e T.N.T.) e no mesmo figurino (Angus ainda não desistiu de se vestir como um colegial rebelde de bermuda e gravata [verde-e-amarela, para a ocasião]), o AC/DC não inventa moda. Faz um rock sem firulas, de riffs poderosos e instrumentalmente muito bem elaborado.

Há 13 anos sem visitar o país (a última vez foi em 1996, e a primeira no Rock in Rio de 1985), o vocalista Brian Johnson não fez questão de dizer que "amo muito vocês" ou de ficar papagaindo frases decoradas. "Não sabemos português, mas falamos uma língua que todo mundo é capaz de entender: rock 'n roll", avisou logo no início do show, iniciado com Rock 'n roll train, faixa do disco novo, dona de um dos riffs mais grudentos de toda a discografia do AC/DC.

A metáfora da locomotiva roqueira ou da máquina de guerra que não pode parar inspira não só os cenários do show, com direito a um trem de 6 toneladas e diversos canhões no palco, como traduz a própria perfomance de Johnson e Angus. Pouco se lixando para a barriguinha saliente ou para a calvície típicas dos seus bem mais que 50 anos de idade, vocalista e guitarrista concentram praticamente todas as atenções do público, ora correndo pelo palco de 78 metros de largura, ora incorporando o guitar hero em um solo de quase 10 minutos numa plataforma elevada na passarela projetada sobre o público.

Em um dos pontos mais altos do show, ao som da blueseira The Jack, de 1975, Angus faz um strip tease, ficando só de bermudas e com sua inseparável Gibson SG até o final do espetáculo. Sem ter nem sombra do sex appeal de um Mick Jagger, a intenção é menos de sensualidade e mais de fanfarrice. Suas musas não são top models, mas garotas sujas e de seios fartos como Rosie, a conhecida boneca inflável gigante que a banda traz de volta ao palco, desta vez de calcinha e cinta-liga, simulando sexo com a locomotiva do cenário durante a clássica Whole lotta Rosie.

Como há três décadas, o show do AC/DC é um grande teatro. Fala de sexo, de inferno, de trovão e de todos os clichês associados ao imaginário do gênero. Parece fácil de fazer, como o parecem os solos de Angus ou a bateria e baixo econômicos de Phil Rudd e Cliff Williams, mas poucos são capazes de repetir e com tamanha propriedade. O ano é 2009, mas a velha máxima continua valendo: é só rock 'n roll, mas quando é bom mesmo a gente elogia.

Como o AC/DC costuma vir ao Brasil uma vez a cada década, resta conferir se os integrantes conseguirão manter o mesmo pique quando estiverem se aproximando dos 70 anos de idade.


Repertório completo do show:
1. "Rock'n roll train" - de "Black ice" (2008)
2. "Hell ain't a bad place to be"- de "Let there be rock" (1977)
3. "Back in black" - de "Back in black" (1980)
4. "Big Jack" - de "Black ice" (2008)
5. "Dirty deeds done dirt cheap" - de "Dirty deeds done dirt cheap" (1976)
6. "Shot down in flames" - de "Highway to hell" (1979)
7. "Thunderstruck" - de "The razor's edge" (1990)
8. "Black ice" - de "Black ice" (2008)
9. "The Jack" - de "T.N.T." (1975)
10. "Hells bells" - de "Back in black" (1980)
11. "Shoot to thrill" - de "Back in black" (1980)
12. "War machine" - de "Black ice" (2008)
13. "Dog eat dog" - de "Let there be rock" (1977)
14. "You shook me all night long" - de "Back in black" (1980)
15. "T.N.T." - de "T.N.T." (1975)
16. "Whole lotta Rosie" - de "Let there be rock" (1977)
17. "Let there be rock" - de "Let there be rock" (1977)
18. "Highway to hell" - de "Highway to hell" (1979)
19. "For those about to rock (We salute you)" - de "For those about to rock" (1981)

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

The Super Mario's game over

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Os 70 anos (70!?) da rainha do rock

Para muitos, a chegada da idade significa tirar o pé do acelerador e diminuir o ritmo do cotidiano. Celebrando 70 anos de idade neste 26 de novembro, Anna Mae Bullock, ou melhor, Tina Turner, continua na ativa e comemora seu aniversário com uma longa carreira após terminar uma expressiva turnê pela Europa.

Com um timbre de voz inconfundível e uma forma única de trabalhar as variações nos graves e agudos, a cantora cravou uma das carreiras de maior sucesso tanto no pop quanto no rock. Ao todo, desde o lançamento de Tina Turns The Country On (1963), são mais de 200 milhões de discos vendidos e hits que dominaram a parada americana como River Deep, Proud Mary, What's Love Got To Do With It, What You See is What You Get, Steamy Windows e We Don't Need Another Hero. São 27 faixas que estiveram entre as 10 melhores da Billboard, o ranking de músicas mais escutadas nos Estados Unidos.

Além de cantora, Tina também teve seu rosto marcado por interpretar alguns papéis memoráveis no cinema. Em 1975, viveu a Acid Queen na ópera-rock Tommy, composta pela banda britânica The Who. A americana também viveu Aunty Entity no terceiro filme da série Mad Max, em 1985, ao lado do australiano Mel Gibson.

No Brasil, a voz da cantora emplacou com as trilhas sonoras de novelas globais dos anos 80 e 90. Tina emprestou canções como Better Be Good To Me (Cambalacho - 1986), Two People (O Outro - 1987), Paradise is Here (Sassaricando - 1987), I Don't Wanna Lose You (Top Model - 1989), Love Thing (Sex Appeal - 1993), entre outras.

Em vez de frear suas atividades, Tina seguiu lançando discos e fazendo turnês. Seus sucessos continuaram entrando nas paradas com seus arranjos ou com remixes de DJs ou artistas mais novos.

Em outubro de 2008, Tina Turner deu o pontapé em uma turnê celebrando seus 50 anos de carreira em Kansas, nos Estados Unidos, e passando por mais de 25 cidades. Não satisfeita, em 14 de janeiro de 2009 a cantora embarcou para a Europa para shows na Alemanha, Bélgica, Áustria, Suíça, Inglaterra, França, Holanda, Irlanda, Noruéga, Suécia, Finlândia e República Tcheca. Nesta etapa, foram cerca de 50 shows feitos, em sua maioria com ingressos esgotados antecipadamente.

Dessa forma, só nos resta desejar felicidades mil, com mais trabalhos musicais e muitas e muitas turnês. Vida longa à eterna rainha do rock!

Tina Turner - Tina!, Her Greatest Hits (2008)

01. Steamy Windows
02. River Deep Mountain High
03. Better Be Good To Me
04. The Acid Queen
05. What You Get Is What You See
06. What's Love Got To Do With It
07. Private Dancer
08. We Don't Need Another Hero (Thunderdome)
09. I Don't Wanna Fight
10. GoldenEye
11. Let's Stay Together (live)
12. I Can't Stand The Rain (live)
13. Addicted To Love (live)
14. The Best (live)
15. Proud Mary
16. Nutbush City Limits
17. It Would Be A Crime
18. I'm Ready

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

A cronologia de um assassinato

terça-feira, 24 de novembro de 2009

O dia em que o rock ficou de luto

O dia 24 de novembro de 1991 deu um banho de água fria nos roqueiros ao redor do mundo. Nessa data, houve duas mortes que abalaram os fãs do rock inglês e americano. Em uma terrível coincidência, faleceram o ex-baterista do Kiss Eric Carr e o tanzaniano de Zanzibar, Farrokh Bommi Bulsara, conhecido mundialmente como Freddie Mercury, o maior frontman da história da música.

Os dois ícones do rock deixaram um enorme vazio com suas partidas, pois dividiam grande amor pela música, carisma contagiante e personalidades espetaculares, além de um talento incomensurável no que diz respeito a como viver o rock ´n roll em seu melhor nível.

Eric Carr
Paul Charles Caravello, seu nome de batismo, uniu-se ao Kiss em 1980 após a demissão do baterista Peter Criss por conta do abuso de álcool e drogas. Antes de participar das audições para integrar o quarteto de Detroit, o músico arrumava fogões em uma oficina de seu pai.

Apesar de não ser um membro original, Carr ganhou rapidamente o carinho da Kiss Army, como são chamados os fãs da banda americana, graças ao seu carisma e de sua disponibilidade em lidar com o público. Ele era o responsável por responder as cartas dos fãs e estava sempre pronto para falar com os mais fanáticos, inclusive na rua.

Carr também era um ótimo vocalista, tendo gravado várias vozes nos sete discos de estúdio que participou com o Kiss. Ele também fez uma regravação de Beth, originalmente interpretada por Criss, que o deixou no chinelo, com todo respeito ao baterista original do grupo.

Por causa do tratamento agressivo da quimioterapia, Carr teve que deixar suas funções no Kiss. O baterista morreu por conta de graves complicações de um câncer no coração contra o qual lutava desde 1990. Ele ainda sobreviveu a um aneurisma alguns dias antes da morte, mas faleceu graças a uma hemorragia cerebral causada pelas células cancerígenas em seu sangue.

Freddie Mercury
Não existem adjetivos suficientes para elogiar a capacidade de Freddie Mercury como vocalista e compositor. Como se não bastasse, o cantor ainda foi o comandante do maior grupo musical inglês do período pós-Beatles, colocando ainda mais gente em seus shows do que os quatro cabeludos de Liverpool.

Seu senso de humor sempre afiado, aliado à extremamente elogiável aptidão musical que possuía, promoviam os melhores shows e as mais divertidas entrevistas que um fã de rock poderia pedir aos seus ídolos. Além disso, Mercury foi o grande responsável pela entrada do Queen na era do videoclipe, idealizando obras-primas da linguagem televisiva como I Want To Break Free, Radio Ga Ga e Bohemian Rhapsody.

Freddie Mercury morreu por conta de uma pneumonia relacionada ao vírus da AIDS no dia 24 de novembro de 1991, apenas 24 horas depois de emitir um comunicado oficial sobre sua doença. O cantor era soropositivo desde 1987 e escondia o fato da imprensa com medo do preconceito, que era ainda maior na época do que hoje em dia.

domingo, 22 de novembro de 2009

Sons que você não conhece... mas deveria!

Magnum - It must have been love

sábado, 21 de novembro de 2009

Jornalistas e seus times do coração

Muito se especula sobre o time de coração dos jornalistas esportivos, mas a questão da imparcialidade faz muito deles omitirem o próprio time, deixando o torcedor ou o fã com uma curiosidade insaciável. Ao mesmo tempo, a idolatria do jornalista aumenta, pois todos nós que gostamos de futebol sabemos o quão difícil é esconder o time do coração.

Essa história de que jornalista não tem time é uma conversa furada. Já dizia o ditado: “Quem não tem time, não gosta de futebol, e se não gosta de futebol, não é jornalista esportivo”. Nem o mais experiente dos jornalistas consegue omitir seu time por toda a vida. Por isso, veja os times dos principais jornalistas (não só esportivos) da crônica do país.


Acaz Felleger - Palmeiras
Adriana Bittar - São Paulo
Alberto Helena Jr. – São Paulo
Alberto Nascimento - Corinthians e Vasco
Alessandra do Valle - São Paulo
Alessandro Nunes - Corinthians
Alex Escobar – América-RJ
Alex Müller - Palmeiras
Alexandre Porpetone - Corinthians
Alexandre Silvestre - São Paulo
Alexandre Vianna - Corinthians
Ana Paula Abrão - São Paulo
André Cardoso - Palmeiras
André Galvão - Palmeiras
André Henning - Corinthians
André Kfouri - São Paulo
André Müller - São Paulo
André Plihal - São Paulo
Angelo Ananias - São Paulo
Antero Grecco – Palmeiras
Antonio Édson - Corinthians
Armando Nogueira - Botafogo
Astrid Fontenelle - Corinthians
Beto Hora - Corinthians
Bruno Prado - São Paulo
Bruno Filho - Corinthians
Cacá Rosset - Corinthians
Caroline Knoploch - São Paulo
Casagrande - Corinthians
Cássio Politi - Corinthians
Celso Kinjô - Corinthians
César Augusto - Guarani
César Filho - São Paulo
Chico Anísio - Palmeiras e Vasco
Chico Lang - Corinthians
Chico Sobrinho - Corinthians
Ciro Jatene - Corinthians
Cláudio Carsughi - Fiorentina (ITA)
Cléber Machado – Santos
Cléo Brandão - São Paulo
David Coimbra – Grêmio
Débora Menezes - Corinthians
Dirceu Maravilha - Palmeiras
Domenico Gato - Palmeiras
Éder Luiz - Marília
Eduardo Affonso - Portuguesa
Eduardo Castro - Palmeiras
Eduardo de Menezes - Palmeiras
Eduardo Maluf - São Paulo
Elia Júnior - Palmeiras
Fábio Seródio - São Paulo
Fausto Silva - Santos
Fernando Calazans – Flamengo
Fernanda Gonçalves - Palmeiras
Fernando Fernandes - Juventus
Fernando Fontana - Corinthians e Newcastle (ING)
Fernando Solera - São Paulo
Fernando Vanucci - Botafogo
Ferreira Martins - Corinthians
Fiori Gigliotti - Palmeiras
Flávio Adauto - Corinthians
Flávio Gomes - Portuguesa
Flávio Prado – São Paulo e Ponte Preta
Fuzil - Corinthians
Galvão Bueno – Flamengo
Gastão Moreira - Corinthians
Gérson - São Paulo e Fluminense
Gílson Ribeiro - Corinthians
Gustavo Villani - São Paulo
Henrique Guilherme - São Paulo
Hermano Henning - Corinthians
Heródoto Barbeiro - Corinthians
Ivo Morganti - Santos
Jô Soares - Fluminense
João Carlos Albuquerque - Santos
João Palomino – São Paulo
João Zanforlin - Corinthians
Joelmir Beting - Palmeiras
Jorge Kajuru - Palmeiras
José Aldo Pinheiro – Grêmio
José Calil - Santos
José Carlos Araújo – Fluminense
José Maia - Santos
José Paulo da Glória - Corinthians
José Paulo de Andrade - São Paulo
José Roberto Torero - Santos
José Roberto Wright – Fluminense
José Silvério - Cruzeiro
José Trajano – América-RJ
Jota Júnior - Palmeiras
Juarez Soares - Corinthians
Juca Kfouri – Corinthians
Juninho Furacão - Palmeiras
Leandro Quesada - Corinthians
Lélio Teixeira - Santos
Léo Batista - Botafogo
Ligeirinho - Corinthians
Lourenço Diaférria - Corinthians
Luciana di Michelli - Palmeiras
Luciano do Valle – Ponte Preta
Luciano Faccioli - Santos
Luciano Huck - Corinthians
Luís Augusto Maltoni - São Paulo
Luís Carlos Jr. – Fluminense
Luís Carlos Ostermann - Grêmio
Luís Carlos Quartarolo - Santos
Luís Henrique Gurian - Corinthians
Luís Roberto – São Paulo
Marcelo Barreto – Flamengo
Marcelo Tas - Santos
Márcio Bernardes - Comercial-SP
Marco Bello - Corinthians
Marco Bianchi - Palmeiras
Marcos Luíz - Corinthians
Marcos Mion - São Paulo
Marcos Roberto - São Paulo
Marília Gabriela - Corinthians
Maurício Noriega - Palmeiras
Mauro Beting – Palmeiras
Mauro César Pereira – Flamengo
Mauro Leão – Botafogo
Mauro Miranda - Santos
Mauro Naves – Corinthians
Milton Leite – Corinthians
Milton Neves – Santos
Mônica Waldvogel - Santos
Neto - Corinthians
Nílson César - São Paulo
Nivaldo Prieto – Palmeiras
Octávio Muniz - Corinthians
Osmar Santos - Palmeiras
Oswaldo Maciel - São Paulo
Otávio Mesquita - Palmeiras
Paulinho Arapuã - Cruzeiro
Paulo Bonfá - Palmeiras
Paulo Brito – Internacional
Paulo Calçade – Corinthians
Paulo César Vasconcelos – Botafogo
Paulo Henrique Amorim - Fluminense
Paulo Roberto Martins - Santos
Paulo Soares – São Paulo
Paulo Vinícius Coelho - Palmeiras
Pedro Bassan - Corinthians
Pedro Ernesto – Grêmio
Pedro Luiz Ronco - Corinthians
Ratinho - Palmeiras
Raul Drewnick Filho - Corinthians
Reinaldo Porto - Corinthians
Renata Fan - Internacional
Renato Maurício Prado – Flamengo
Ricardo Andreoni - Flamengo
Ricardo Boechat - Flamengo
Ricardo Capriotti - Corinthians
Ricardo Perrone - São Paulo
Roberto Avallone - Palmeiras
Roberto Benevides - Vasco
Roberto Carmona - Atlético Paranaense
Roberto Hais - Corinthians
Roberto Monteiro - Palmeiras
Rodrigo Vessoni - Corinthians
Romeu César - Francana
Salomão Ésper - Corinthians
Serginho Groismann - Corinthians
Sérgio Loredo - Corinthians
Sérgio Noronha – Vasco
Sílvio Lancellotti – Corinthians
Sílvio Luíz - São Paulo
Soninha – Palmeiras
Téo José - Goiás
Thomaz Rafael - Corinthians
Thunderbird - São Paulo
Tiago Torriceli - São Paulo
Toni José - Corinthians
Valmir Jorge - Corinthians
Valmir Storti - Santos
Vanderlei Ribeiro - São Paulo
Vinícius Saponara - Corinthians
Vladir Lemos - Santos
Wanderlei Nogueira - São Paulo
Wellington Campos - Fluminense
Wianey Carlet – Internacional

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Jogos do Atari do século XXI

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Em 19 de novembro de 1969...

Quanto tempo dura uma cobrança de pênalti? Entre a corrida do batedor e a conclusão da jogada, alguns poucos segundos. Mas a penalidade que deu a Pelé seu milésimo gol parece eterna. É como se o Rei estivesse batendo aquele pênalti até hoje, dia 19 de novembro de 2009, quando o lance completa 40 anos.

O gol histórico foi marcado com a camisa do Santos no Maracanã, contra o Vasco, em uma partida válida pela Taça de Prata. O jogo estava 1 a 1. Aos 32 minutos do segundo tempo, Pelé é lançado por Clodoaldo, tromba com o zagueiro vascaíno Fernando e cai na área. O árbitro pernambucano Manoel Amaro de Lima aponta a marca do pênalti.

Hoje, o Rei lembra com descontração do gol. Mas ele admite que, na hora, suas pernas pesaram demais. Embora já fosse um craque consagrado, com 29 anos, o Rei sentiu a pressão.

- Na hora, a perna tremeu, o joelho também. Eu dizia para mim mesmo: 'caramba, esse eu não posso perder'. Graças a Deus no fim deu tudo certo - comemora o Rei, como se o gol tivesse sido marcado na véspera.

O camisa 10 do Santos correu para a bola, deu uma paradinha, mas o goleiro Andrada não caiu. O Rei, então, bateu no canto direito, colocado. O goleiro argentino chegou a resvalar na bola, mas não o suficiente para evitar o gol histórico. Tivesse defendido a cobrança, talvez Andrada não seria tão lembrado quanto hoje. E, pior, poderia até ter sido vaiado pelas 65 mil pessoas que estavam no Maracanã naquela noite.

Logo após marcar o gol, Pelé correu para dentro da meta, pegou a bola e foi cercado por uma multidão de jornalistas. Nos ombros do goleiro Aguinaldo, Pelé aproveitou o momento para pedir atenção às crianças. Foi taxado de demagogo. Algo que, até hoje, ele não aceita.



"Marcar mil gols como Pelé não é tão difícil. Marcar um gol como Pelé é."
Carlos Drummond de Andrade, escritor

"O maior jogador de futebol do mundo foi Di Stéfano. Eu me recuso a classificar Pelé como jogador. Ele está acima de tudo."
Puskas, craque do escrete húngaro que dominou o futebol no início dos anos 50

"Se Pelé não tivesse nascido homem teria nascido bola. Até a bola pedia autógrafo para Pelé."
Armando Nogueira, jornalista

"Pensei: ele é de carne e osso como eu. Me enganei!"
Tarcisio Burgnich, defensor italiano na Copa de 70

"Parecia um helicóptero em sua mágica capacidade de permanecer no ar o tempo que quisesse."
Fachetti, zagueiro italiano na Copa de 70

"Pelé é o único que ultrapassa os limites da lógica."
Cruyff, comandante do carrossel holandês na Copa de 74

"Sentia medo, um terrível medo quando via aqueles olhos. Pareciam olhos de um animal selvagem, olhos que soltavam fogo."
Overath, jogador alemão nas Copas de 66, 70 e 74

"Pelé desequilibrou o mundo."
Gilmar, ex-goleiro do Santos e da seleção brasileira

"Muito prazer, eu sou Jimmy Carter. Você não precisa se apresentar. Pelé todo o mundo conhece."
Jimmy Carter, ex-presidente dos Estados Unidos em um encontro com o Rei

"Maradona só será um novo Pelé quando ele ganhar 3 Copas do Mundo e marcar mais de mil gols!"
César Luiz Menotti, ex-jogador do Santos e ex-técnico da seleção argentina

"Como se soletra Pelé? D-E-U-S."
The Sunday Times, jornal inglês em entrevista com Pelé na década de 70

"Após o quinto gol, eu queria era aplaudí-lo."
Sigge Parling, zagueiro sueco encarregado de marcar Pelé durante a final da Copa do Mundo de 58

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Inutilidades fúteis

- “J” é a única letra que não aparece na tabela periódica de elementos.

- Você pisca aproximadamente 25 mil vezes por dia.

- O beija-flor bate suas asas, em média, 75 vezes por segundo.

- Os cds foram concebidos para comportar 74 minutos de música porque essa era a duração da 9ª Sinfonia de Beethoven.

- Relâmpagos matam mais do que vulcões, furacões e terremotos.

- O material mais resistente criado pela natureza é a teia de aranha.

- O forno de microondas surgiu quando um pesquisador que estudava as microondas percebeu que elas haviam derretido o chocolate que estava em seu bolso.

- Os russos atendem ao telefone dizendo “Estou ouvindo”.

- 15% das mulheres americanas mandam flores para si mesmas no dia dos namorados.

- As mulheres são as maiores compradoras de cuecas e barbeadores elétricos.

- Se as doenças do coração, o câncer e o diabetes fossem erradicados, a expectativa de vida do homem seria 99,2 anos.

- A filha de Shakespeare era analfabeta.

- Antes de 1800, os sapatos para os pés direito e esquerdo eram iguais.

- Einstein nunca foi um bom aluno, e nem sequer falava direito aos 9 anos. Seus pais achavam que ele era retardado.

- O elefante é o único animal com quatro joelhos.

- Uma gota de óleo torna 25 litros de água imprópria para o consumo.

- A cada ano, 98% dos átomos do seu corpo são substituídos.

- Ovelhas não bebem água corrente.

- Os americanos gastam mais com comida de cachorro que com comida de bebê.

- Astronautas não podem comer feijão antes de suas viagens, pois os gases podem danificar as roupas espaciais.

- Uma pulga fêmea consome por dia 15 vezes o próprio peso em sangue.

- Uma asa de mosquito se move 1000 vezes por segundo.

- O acendedor de cigarros foi inventado antes que o fósforo.

- Cada rei das cartas do baralho representa um grande rei da história: Espadas (Rei David), Paus (Alexandre, o Grande), Copas (Carlos Magno) e Ouro (Júlio César).

- O músculo mais forte do corpo humano é a língua.

- É impossível se matar segurando a respiração.

- Os destros vivem em média 9 anos mais que os canhotos.

- A pulga pode saltar 350 vezes sua altura.

- A barata pode viver 9 dias sem sua cabeça, antes de morrer de fome.

- Os ursos polares são surdos.

- As estrelas-do-mar não têm cérebro.

- O Pato Donald foi censurado na Finlândia porque não usa calças.

- Os mosquitos têm dentes.

- Thomas Edison tinha medo de escuro.

- Miguel de Cervantes e William Shakespeare, considerados os maiores expoentes da literatura hispânica e inglesa respectivamente, morreram no mesmo dia (23 de abril de 1616).

- Se você conhecesse uma mulher que estivesse grávida e que já tivesse 8 filhos (3 surdos, 2 cegos e 1 retardado mental) e ela por sua vez tivesse sífilis, você recomendaria que ela fizesse um aborto? Se sim, você mataria Beethoven.

- A Islândia é o país que consome mais Coca-Cola per capita no mundo.

- Quando você refrigera alguma coisa, você não está fazendo com que ela se torne fria, e sim, retirando seu calor.

- Seu cabelo cresce mais rápido à noite, e você perde em média 100 fios por dia.

- Rir durante o dia faz com que você durma melhor à noite.

- Shakeaspeare nasceu em 23 de abril de 1564 e morreu em 23 de abril de 1616.

- É impossível lamber o próprio cotovelo.

- Um crocodilo não coloca a língua para fora da boca.

- Os camarões têm o coração alojado na cabeça.

- Um estudo que abrangeu cerca 200 mil avestruzes durante mais de 80 anos, não registrou um único caso em que o animal fosse visto enfiando a cabeça num buraco no chão.

- Os porcos são fisicamente incapazes de olhar para o céu.

- Mais de 50% das pessoas no mundo inteiro nunca fizeram nem receberam chamadas telefônicas.

- É impossível espirrar de olhos abertos.

- Se tentar impedir que um espirro seja expelido, você pode morrer ao causar a ruptura duma veia no cérebro ou na nuca.

- Os ratos multiplicam-se tão rapidamente que, em 18 meses, um casal de ratos pode ter mais de um milhão de descendentes.

- Tal como as impressões digitais, a superfície da língua é diferente de pessoa para pessoa.

- Ao longo duma vida, em média, cada pessoa engole durante o sono cerca de 70 insetos e 10 aranhas.

- O Sol libera mais energia em um segundo do que tudo que a humanidade já consumiu em toda sua existência.

- 111.111.111 x 111.111.111 = 12345678987654321

- Neste exato momento, há mais de 100 milhões de microorganismos se alimentando, se reproduzindo e depositando detritos na área em volta de seus lábios.

- O nome HAL, do computador do filme “2001, Uma Odisséia no Espaço” não foi escolhido à toa. Ele é formado pelas letras imediatamente anteriores às que formam a palavra IBM.

- Na França, é proibida a venda de bonecos que não tenham rostos humanos, como ET´s.

- 16% das mulheres nascem loiras. 33% das mulheres são loiras.

- A Microsoft gasta mais atendendo ligações de usuários com problemas que produzindo seus programas.

- Um lápis inteiro conseguiria desenhar uma linha de 56 Km ou escrever aproximadamente 50.000 palavras.

- Quando um vidro quebra, os cacos se espalham a uma velocidade de 4830 km/h.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Heavy Metal 80´s Collection (2009)

01 - Dio - Holy Diver
02 - Judas Priest - Breaking The Law
03 - Iron Maiden - The Number Of The Beast
04 - Quiet Riot - Cum On Feel The Noize
05 - Scorpions - Blackout
06 - Saxon - Power Of The Glory
07 - Twisted Sister - I Wanna Rock
08 - Ozzy Osbourne - Back At The Moon
09 - Motley Crue - Shout At The Devil
10 - Kiss - Destroit Rock City
11 - The Rods - Too Hot Stop
12 - Black Sabbath - Heaven And Hell
13 - AC/DC - Back In Black
14 - Krokus - Screming In The Night
15 - Def Leppard - Bringin On The Heartbeak
16 - Accept - Balls To The Wall
17 - Ratt - Round And Round
18 - W.A.S.P. - Wild Child
download via 4shared
download via Mediafire
download via Megaupload

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

A ratoeira

Um rato, olhando pelo buraco da parede, vê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote. Pensou logo no tipo de comida que poderia haver ali.

Ao descobrir que era uma ratoeira, ficou aterrorizado.

Correu ao pátio da fazenda advertindo a todos:

"- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa!!! "

A galinha, com toda sua calma:

"- Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que isso seja um grande problema para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda."

Desesperado, o rato foi até o porco:

"- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira!!!"

"- Desculpe-me Sr. Rato, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser rezar. Fique tranqüilo que o senhor será lembrado nas minhas preces."

O rato então dirigiu-se à vaca.

"- O quê, Sr. Rato? Uma ratoeira? Por acaso estou em perigo? Acho que não!"

Então o rato voltou para a casa, cabisbaixo e abatido, para encarar a ratoeira do fazendeiro.

Naquela noite ouviu-se um barulho, como o de uma ratoeira pegando sua vítima.

A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego. No escuro, ela não viu que a ratoeira havia pego a cauda de uma cobra venenosa. E a cobra picou a mulher.

O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Quando voltaram, a mulher começou a ter febre.

Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal: a galinha.

Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la. Para alimentá-los, o fazendeiro matou o porco.

A mulher não melhorou e acabou morrendo. Muita gente veio para o funeral.

O fazendeiro então sacrificou a vaca para alimentar todo aquele povo.


MORAL: da próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito, lembre-se que quando há uma ratoeira na casa, toda a fazenda corre risco. O problema de um é problema de todos.

domingo, 15 de novembro de 2009

O cúmulo do vício em tecnologias modernas

sábado, 14 de novembro de 2009

Sonata Arctica - For The Sake Of Revenge (2006)

Após quatro cds de estúdio, um ao vivo, e dezenas de singles, EPs e coletâneas, o show gravado em Tóquio em fevereiro de 2005 veio bem a calhar para o Sonata Arctica. Um misto de hits desde o primeiro álbum “Ecliptica” até o último “Reckoning Night” estão presentes neste show, gravado com poucas câmeras e uma iluminação que deixa o palco bastante escuro. No entanto, o efeito da iluminação azul ou verde combina com o andamento de algumas faixas lentas, sempre recheadas de teclados.

As letras do Sonata Arctica são uma constante de fantasia, amores, vida e os prazeres que ela proporciona. Em suma, uma forma feliz de se fazer música. Letras bonitas à parte, o Sonata está mais maduro no palco do que em apresentações anteriores. E “For The Sake Of Revenge” mostra uma surpresa muito mais agradável do que vimos no passado. Tommy Portimo, que não passava de um mero imitador de outros consagrados bateristas finlandeses, parece ter acertado em se adequar a uma forma mais agressiva. É de longe um dos destaques do line-up da banda. Só fica atrás do tecladista Henrik Klingenberg. O cara sola, faz bases e rouba a cena que Jani Liimatainen tinha obrigação de manter na guitarra. Dono das mais bonitas harmonias, ele também consegue inovar e criar, o que para o Sonata só tem sido muito proveitoso. Não esquecendo, claro, da presença do tranqüilo baixista Marko Paasikoski.

Mas, no conjunto, este DVD mostra uma banda entrosada e muito bem disposta. Dentre as melhores canções, “Misplaced”, “Victoria's Secret”, “8th Commandment”, “San Sebastian”, “Don't Say A Word” e a veloz “The Cage” fazem a festa do público japonês. Tonny Kakko demonstra tanta alegria pelos aplausos nipônicos que se pudesse, daria um abraço em cada um. Exageros à parte, este primeiro registro oficial do grupo ficará eternizado como uma das grandes conquistas da jovem banda finlandesa no mercado mundial.

tracklist
1. Prelude For Reckoning
2. Misplaced
3. Blinded No More
4. Fullmoon
5. Victoria's Secret
6. Broken
7. 8th Commandment
8. Shamandalie
9. Kingdom For A Heart
10. Replica
11. My Land
12. Black Sheep
13. Sing in Silence
14. The End of this Chapter
15. San Sebastian
16. Gravenimage
17. Don't Say a word
18. The Cage
19. Vodkaa /Hava Nagila
20. Outro Draw Me

download parte 1
download parte 2
download parte 3
download parte 4

download parte 5
download parte 6
download parte 7
download parte 8

download parte 9
download parte 10
download parte 11
download parte 12
download parte 13

download parte 14
download parte 15

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Chegou a sexta-feira... 13!

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

O mistério sobre Lincoln e Kennedy

Você acredita em coincidências? Se não, como se explica isso?

# Abraham Lincoln foi eleito para o Congresso em 1846.
# John F. Kennedy foi eleito para o Congresso em 1946.

# Abraham Lincoln foi eleito presidente em 1860.
# John F. Kennedy foi eleito presidente em 1960.

# Os nomes Lincoln e Kennedy têm sete letras.

# Ambos estavam comprometidos na defesa dos direitos civis.

# As esposas de ambos perderam filhos enquanto viviam na Casa Branca.

# A secretária de Lincoln chamava-se Kennedy.
# A secretária de Kennedy chamava-se Lincoln.

# Ambos os presidentes foram baleados numa sexta-feira.

# Ambos os presidentes foram assassinados por sulistas.
# Ambos os presidentes foram sucedidos por sulistas.

# Ambos os sucessores chamavam-se Johnson.
# Andrew Johnson, que sucedeu a Lincoln, nasceu em 1808.
# Lyndon Johnson, que sucedeu a Kennedy, nasceu em 1908.

# John Wilkes Booth, que assassinou Lincoln, nasceu em 1839.
# Lee Harvey Oswald, que assassinou Kennedy, nasceu em 1939.

# Ambos os assassinos eram conhecidos pelos seus três nomes.
# Os nomes de ambos os assassinos têm quinze letras.

# Booth saiu correndo de um teatro e foi apanhado num depósito.
# Oswald saiu correndo de um depósito e foi apanhado num teatro.
# Booth e Oswald foram assassinados antes de seu julgamento.

# Uma semana antes de Lincoln ser morto, ele estava em Monroe, Maryland.
# Uma semana antes de Kennedy ser morto, ele estava em Monroe, Marilyn.

# Lincoln foi morto na sala Ford, do teatro Kennedy.
# Kennedy foi morto num carro Ford, modelo Lincoln.


Isto sim é que são coincidências!

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Enquanto isso, em Brasília...

Bigode! Então os suspeitos poderiam ser ou o José Genoíno ou o Antônio Palocci ou o Aloísio Mercadante ou o José Sarney ou o Ricardo Berzoini ou o companheiro Lula...

Mas como políticos nunca são culpados de nada, há de surgir inúmeros "bodes expiatórios". E quando falamos de SUSPEITOS, e ainda por cima de BIGODE, é muito mais fácil e conveniente o delito ter sido cometido pelo Coronel Mostarda... e provavelmente na sala de música com uma chave inglesa!

A Globo e seu fatality na Record


A Record tentava entrevistar o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia Márcio Zimmermann em Brasília para explicações sobre o apagão ocorrido no país. Porém, a Globo estava agendada com o entrevistado, apenas esperando o momento certo do link entrar ao vivo em sua programação. Foi aí que a “repórter do bispo“ tentou em vão a sua missão...

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Heavy Metal Love (2006)

01. Accept - The King
02. Bad Company - If You Needed Somebody
03. Black Sabbath - No Stranger to Love
04. Bon Jovi - Silent Night
05. Cinderella - Nobody's Fool
06. Dream Theater - Hollow Years
07. Mötley Crüe - Home Sweet Home
08. Lita Ford - Close My Eyes Forever
09. Quiet Riot - Thunderbird
10. Sammy Hagar - A White Shade of Pale
11. Nelson - Only Time Will Tell
12. Twisted Sister - The Price
13. Vandenberg - Burning Heart
14. Whitesnake - Don't Fade Away
15. Winger - Miles Away
16. Stryper - O Come All Ye Faithful

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Os 20 anos da queda do Muro de Berlim

09/11/1989 - 09/11/2009

O horror alemão em números

- O muro que dividia a capital alemã em dois blocos foi construído em apenas uma noite, no dia 13 de agosto de 1961. Sua função era impedir a circulação de pessoas e mercadorias entre o lado capitalista e o lado socialista da cidade, que era controlado pela ex-União Soviética.

- Ele possuía 155km de extensão, dos quais 43km ficavam na área metropolitana. Na cidade, interrompia 8 linhas de trens, 4 de metrô e 193 ruas e avenidas. Uma cerca elétrica estava por 127km do muro.

- No total, 14 mil soldados guardavam a entrada e saída. Eles eram equipados com sinalizadores, rádios, veículos de patrulha Trabant 601 Kubel e fuzis MPiKM. Alguns estavam em cima das 302 torres de observação e ainda contavam com inúmeros cães de guarda.

- Antes de a barreira ser erguida, entre 1 mil e 4 mil pessoas buscavam refúgio na parte capitalista da cidade por dia.

- Inúmeros alemães do lado oriental tentaram passar para a Alemanha Ocidental nos 28 anos, 2 meses e 27 dias em que a barreira esteve de pé. Um dos casos mais famosos foi a fuga de 28 pessoas por um túnel de 80cm de altura, 70cm de largura e 30m de comprimento. O caso virou enredo do filme "Túnel 28", de 1962.

- Muitas pessoas morreram arriscando cruzar a barreira. A primeira vítima foi Günther Liftin, morto a tiros por guardas no dia 24 de agosto de 1961. Registros dizem que Winfried Freudenberg encerrou o ciclo de vítimas. O balão a gás de fabricação caseira com o qual ele tentou fazer a travessia caiu em 8 de março de 1989.

- Calcula-se que, por outro lado, houve 5.075 fugas bem-sucedidas enquanto o muro existiu. Tentando escapar, 3.221 pessoas foram presas e 190 foram mortas.

- A barreira de pedra foi destruída no dia 9 de novembro de 1989. Ela começou a ser derrubada às 21 horas.

- Apenas 1,3km do muro ainda está de pé. O trecho foi transformado em um museu. 2 torres de vigia também foram preservadas.

- Uma pesquisa feita pelo Instituto Forsa revelou que 1 em cada 5 alemães gostaria que o muro fosse reconstruído.

- Em comemoração aos 15 anos da queda da barreira, o museu do Muro de Berlim inaugurou um memorial temporário para homenagear as pessoas que morreram tentando escapar da Alemanha Oriental. A instalação tinha 1.065 cruzes de madeira que representaram o número estimado de vítimas. Também foi desenvolvido um site no qual é possível fazer uma viagem virtual ao local onde o muro ficava e rastrear cada uma das 25 partes que ainda estão de pé.


Scorpions - Wind of change
(o hino oficial da queda do muro)

domingo, 8 de novembro de 2009

Artista da vez - DIRE STRAITS

país: Inglaterra
gênero: rock
integrantes:
Mark Knopfler (vocal e guitarra)
David Knopfler (guitarra)
John Illsley (baixo)
Pick Withers (bateria)

histórico: Embora formada em uma época em que o punk rock reinava absoluto (1977), o Dire Straits decidiu lidar com as convenções do rock clássico, firmando-se em uma sonoridade mais leve, que agradou ao público cansado do som superproduzido do rock dos anos 70.

Não tardou para que a banda se tornasse conhecida mundialmente, ganhando o status de disco de platina logo em seu primeiro álbum.

Entre suas canções mais conhecidas estão "Sultans of swing", "Lady writer", "Romeo and Juliet", "Private investigations", "So far away", "Money for nothing", "Walk of life", "Your latest trick" e
"Brothers in arms".

Apesar do grande sucesso, a banda terminou sem estardalhaços em 1995, quando Mark Knopfler expressou o desejo de não mais fazer turnês em larga escala, passando imediatamente a dedicar-se integralmente à sua carreira solo.

O álbum “Brothers In Arms”, lançado em 1985, tornou-se, até então, o disco mais vendido do Reino Unido em todos os tempos. Alcançou também o topo das paradas em dezenas de países mundo afora, incluindo o Brasil. Foi origem de vários singles de sucesso, como o hit número 1 nos Estados Unidos “Money for nothing”, que foi também o 1º vídeo-clipe apresentado na MTV do Reino Unido.

O sucesso comercial do disco foi ajudado pelo fato de ter sido um dos primeiros álbuns completamente gravado e produzido no então novo formato CD, levando aos admiradores da nova tecnologia a venerarem o álbum.

curiosidades: O vídeo musical da canção “Money for nothing” foi o primeiro a ser exibido pela MTV européia e o mais exibido pela MTV americana até os dias de hoje.

A banda se chamava inicialmente "Cafe Racers". Ao observar as condições precárias do grupo, um amigo do então baterista Pick Withers fez uma piada sugerindo que a banda deveria se chamar "Dire Straits", que em inglês é uma gíria usada para designar algo ou alguém em situação financeira muito ruim. A sugestão foi aceita com bom humor pelos integrantes que adotaram o nome dali para a frente. O nome soa um tanto irônico hoje em dia visto que o Dire Straits se tornou uma das mais rentáveis e bem sucedidas bandas da história da música, e seu líder, Mark Knopfler, entre os artistas mais ricos do mundo.

O grupo foi em 1985 um dos grandes responsáveis pela divulgação e disseminação do então novo e revolucionário formato de áudio digital, o compact disc. A Philips, criadora do CD, era patrocinadora da mega-turnê da banda naquele ano e usou o grande sucesso comercial do disco “Brothers In Arms” para alavancar a popularidade do novo formato.

O álbum “Brothers In Arms” foi o primeiro CD da história a vender 1 milhão de cópias. Dizia-se na época que existiam mais CDs do Dire Straits que players para tocá-los.

Para o encerramento da turnê “Brothers In Arms”, em abril de 1986, foram programadas 5 apresentações na Austrália. Em alguns dias de venda, a demanda por ingressos exigia mais 15 apresentações extras. Mark Knopfler teve de ir a redes de TVs locais pedindo que parassem de comprar ingressos, pois estavam cansados pela longa turnê e tinham de voltar para a casa.

sábado, 7 de novembro de 2009

“El Caminito del Rey”: o supra-sumo da adrenalina

“El Caminito del Rey” é uma passagem cravada nas paredes dos desfiladeiros de Chorro e Gaitanejo, a norte de Málaga, na Espanha.

A construção, iniciada em 1901 e concluída em 1905, foi feita enquanto era construída uma hidrelétrica no rio Guadalhorce. Os trabalhadores necessitavam de uma passagem que cruzasse os desfiladeiros para o transporte de materiais, vigilância e manutenção do canal.

Em 1921, o rei Afonso XIII teve que cruzar o caminho para a inauguração da Represa Conde del Guadalhorce, e desde então a rota passou a ser conhecida por seu nome atual.

Entretanto, o abandono e a falta de manutenção fizeram com que a estrutura da estrada ficasse comprometida, causando até o desmoronamento de algumas das etapas. Por esse motivo, “El Caminito del Rey” é o ponto favorito dos muitos turistas que procuram emoções fortes.

Após a morte de quatro turistas em dois acidentes ocorridos em 1999 e 2000, o governo local fechou as entradas. No entanto, os aventureiros encontram meios de entrar no local.


sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Sons que você não conhece... mas deveria!

Bonfire - Sword and stone

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Aprenda a dar más notícias

O filho universitário escreve para seus pais:

"Querido pai e querida mãe:

Já faz três meses que estou na universidade e sei que demorei para escrever-lhes.

Agora já estou melhor. A fratura e o traumatismo craniano que tive ao pular da janela de meu quarto em chamas ao chegar aqui estão praticamente curados. Passei só duas semanas no hospital. Minha visão está quase normal e aquelas terríveis dores de cabeça só voltam uma vez por semana.

Como o incêndio foi causado por um descuido meu, teremos que pagar R$50.000,00 para a Universidade pelos danos causados, mas isso não é nada, pois o importante é que estou vivo, não é?

Felizmente a empregada que trabalha na lavanderia em frente viu tudo. Aliás, foi ela quem chamou a ambulância e avisou aos bombeiros.

Ela também foi me ver no hospital e como eu não tinha para onde ir, já que meu quarto ficou reduzido a cinzas, teve a gentileza de convidar-me a passar um tempo com ela. Na verdade é um quarto que ela aluga para seu trabalho noturno, mas tem sido muito agradável. Ela tem o dobro da minha idade e tem me mostrado um outro lado da vida, que é fascinante. Jogamos baralho o dia inteiro e ela me ensina altos truques! Precisa ver.

É, estamos perdidamente apaixonados e queremos casar. Apesar de não termos ainda fixado a data, espero que seja antes que a gravidez dela fique muito evidente. Pois é, queridos pais, serei papai. Sabendo que vocês sempre quiseram ser avós, tenho certeza que acolherão muito bem as crianças (são gêmeos, uau!), com o mesmo amor e carinho que me deram quando era pequeno.

A única coisa que ainda está atrapalhando o casório é uma pequena infecção que minha noiva pegou em seu trabalho noturno e que nos impede de fazer os exames pré-matrimoniais. Eu também, por descuido, acabei pegando (como arde!), mas vou melhorar com o tratamento que a Nega Véia (é o apelido dela) está fazendo. Ela disse que penicilina é coisa besta e nem se compara à reza forte que ela faz. Vamos ver agora neste segundo mês...

Sei que vocês a receberão no seio de nossa família, com os braços abertos. Ela é muito amável e faz um quiabo com miúdo de galinha que é de comer ajoelhado, e embora nunca tenha estudado, tem muita ambição.

Tenho certeza que a amarão tanto quanto eu. Como ela tem mais ou menos a idade de vocês, tenho certeza que se darão muito bem e se divertirão muito juntos, pois como a casa onde vivemos é muito pequena, pretendo voltar com toda a minha nova família. Ah, os pais dela também são pessoas maravilhosas e parece que estão interessados em morar com a gente num futuro próximo. Eu até mandei o dinheiro da passagem (raspei aquela poupança que vocês haviam feito pra mim aos 5 anos) mas os meus futuros sogros não puderam vir este mês porque o psiquiatra da clínica onde o pai dela trabalha como vigia resolveu internar o Nhô Zulu (é o apelido dele) por problemas de alcoolismo e não lhe deu alta esta semana porque ele está ainda um pouco, digamos, brigão... O cara não deve entender nada porque em Serra Leoa, de onde eles fugiram da polícia por envolvimento em tráfico, a medicina é meio fraca.

Bem, agora que já sabem de tudo, é preciso que lhes diga que não ocorreu nenhum incêndio, não tive nenhum traumatismo craniano, não estive hospitalizado, não tenho noiva, não tenho sífilis e não há nenhuma prostituta anciã foragida na minha vida.

A verdade é que tirei ZERO em Direito Comercial, 2 em Direito Processual Civil e 1 em Direito Processual Penal e quis mostrar-lhes que existem problemas bem mais complicados na vida que notas baixas!

Um beijo de seu filho."

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Novo dilúvio

Um dia, o Senhor chamou Noé da Silva e ordenou-lhe:

- Dentro de 6 meses, farei chover ininterruptamente durante 40 dias e 40 noites, até que todo o Brasil seja coberto pelas águas. Os maus serão destruídos, mas quero salvar os justos e um casal de cada espécie animal. Vai e constrói uma arca de madeira.

No tempo certo, os trovões deram o aviso e os relâmpagos cruzaram o céu.

Noé da Silva chorava, ajoelhado no quintal de sua casa, quando ouviu a voz do Senhor soar, retumbante, entre as nuvens.

- Onde está a arca, Noé?

- Perdoe-me, Senhor! - suplicou o homem - Fiz o que pude, mas encontrei dificuldades imensas: primeiro tentei obter uma licença da prefeitura, mas para isto, além das altas taxas para obter o alvará, pediram-me, ainda uma contribuição para a campanha do prefeito à reeleição. Precisando de dinheiro, fui aos bancos e não consegui empréstimos, mesmo concordando com aquelas taxas de juros (afinal, nem teriam mesmo como me cobrar depois do dilúvio!). O Corpo de Bombeiros exigiu um sistema de prevenção de incêndio, mas consegui contornar a situação, subornando um funcionário. Começaram, então, os problemas com o IBAMA para a extração da madeira. Eu lhes falei que eram ordens suas, mas eles só queriam saber se eu tinha projeto de reflorestamento e um tal de plano de manejo. Neste meio tempo, o IBAMA descobriu também uns casais de animais guardados em meu quintal. Além da pesada multa, o fiscal falou em prisão inafiançável e eu acabei tendo que matar o fiscal, porque, para este crime a lei é mais branda. Quando resolvi começar a obra, na raça, apareceu o CREA e me multou porque eu não tinha um engenheiro naval responsável pela construção da arca. Depois, apareceu o sindicato exigindo que eu contratasse seus marceneiros com garantia de emprego por um ano. Veio, em seguida, a Receita Federal, falando em "sinais exteriores de riqueza" e me multou também. Finalmente, quando a Secretaria de Meio Ambiente pediu o "Relatório de Impacto Ambiental" sobre a zona a ser inundada, mostrei-lhes o mapa do Brasil. Aí quiseram me internar num hospital psiquiátrico (sorte que o INSS estava em greve!).

Noé da Silva terminou o relato chorando mas, notando que o céu clareava, perguntou:

- Senhor, não irás mais destruir o Brasil?

- Não! Pelo que ouvi de ti, Noé, cheguei tarde. Alguém já se encarregou de fazer isso!


terça-feira, 3 de novembro de 2009

Corrente do bem

Nos últimos tempos, o rock nacional sofreu baixas inestimáveis:
- Cazuza e Renato Russo morrem de AIDS;

- Marcelo Yuka é baleado e fica sem o movimento das pernas e do braço esquerdo temporariamente;

- os integrantes do Mamonas Assassinas morrem em um desastre aéreo;

- Herbert Vianna sofre um acidente de ultraleve, perde a mulher e tem danos irreparáveis no cérebro;

- Marcelo Fromer é atropelado e morre no hospital;

- Raul Seixas tem uma parada cardíaca fulminante.


Ao longo dos anos, o abuso das drogas e/ou do álcool também vitimou, dentre outros, Elvis Presley, Jim Morrison, Janis Joplin, Jimi Hendrix, Brian Jones, John Bonham, Kurt Cobain e Bradley Nowell.

Fatalidades diversas também levaram Cliff Burton, Stevie Ray Vaughan, Jonh Lennon, Bob Marley, Ritchie Valens, Randy Rhoads, Joey Ramone, Freddie Mercury, George Harrison, Marvin Gaye, James Brown, Layne Staley, Kevin DuBrow, Maurice Gibb, Dee Dee Ramone, Marcel Jacob, Bon Scott, Criss Oliva, Michael Jackson, Roy Orbison e outros inúmeros exímios artistas.

Agora páre e pense: quantos funkeiros, pagodeiros, axezeiros, mpbzeiros e afins morreram?

- O Beto Jamaica, aquela múmia, cheira o que o nariz agüenta e não morre;

- Alexandre Pires enche o rabo de cachaça, sai a toda com o seu carro, mata um coitado no meio da rua, fica impune e continua compondo suas merdas;

- Xandy e Carla Perez pioraram ainda mais o mundo após a procriação e pretendem piorar ainda mais no futuro tendo mais filhos;

- O Netinho, do Negritude Jr, tem voz de viado, rebola como viado, parece viado, tem filhos que nem coelho e agora ataca de apresentador;

- O tal do Rodriguinho quer o quê com aquela viseira de marginal?;

- O comprade Washington tem a maior cara de pinguço de boteco da esquina, tem um péssimo gosto para roupa e ainda foi chifrado pela Sheila Carvalho;

- O Latino, com aquela cara de playboyzinho deslavado e que se tornou um asqueroso produto da mídia;

- O Belo, metido com traficante e até encomendando míssil anti-aéreo;

- Pragas como João Gilberto, Maria Bethânia, Gal Costa e Caetano Veloso, que quando cantam, parecem que estão indo para o abatedouro.


AONDE O MUNDO DA MÚSICA VAI PARAR?

Nessa nova corrente, se você passar essa mensagem para:
01 pessoa: Caetano Veloso vai fazer um tour pela Lua, erra o caminho e entra em órbita.

02 pessoas: Xandy e Netinho se tornam muçulmanos e, conseqüentemente, homens-bomba.

03 pessoas: ET´s abduzem e levam embora o Bonde do Tigrão, o comprade Washington, o Alexandre Pires, Vavá, Víctor e Léo, João Gilberto, Calypso, Exaltasamba, Chiclete com Banana, Édson e Hudson e Pixote.

10 pessoas: morrem Latino, Bruno e Marrone, Maria Rita, Kelly Key, Frank Aguiar, Mc Créu, Maria Bethânia e Gilberto Gil.

25 pessoas: haverá um show de pagode/funk/axé/mpb com todos os artistas no Afeganistão, em homenagem ao Bin Laden. Na viagem de ida, o avião é seqüestrado e jogado no deserto do Saara.

50 pessoas ou mais: a Sandy se transformará em uma porra-loca, sairá na Playboy, se tornará stripper de uma boate em Copacabana e cobrará 10 mangos mais uma coxinha com tubaína pelo programa, e seu irmão Júnior mudará de sexo, passará a se chamar Samanta e ficará mudo!

Portanto, o que você está esperando???
Faça sua parte pelo bem da humanidade!
Nossos ouvidos agradecem...

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

E se o Bin Laden atacasse o Brasil?

Disposto a dar um fim em toda a civillização cristã-ocidental, Bin Laden deu ordens aos seus homens para organizar um atentado aéreo no Brasil. Devido ao profundo ódio por festas monumentais (símbolo da globalização da alegria), a cidade escolhida foi o Rio de Janeiro por causa do Carnaval e, mais precisamente, o Cristo Redentor (símbolo maior da religião dos “infiéis”). Assim, ordenou que seus dois melhores terroristas kamikazes viajassem para o Brasil. Os dois chegariam ao Rio de Janeiro determinados a impor o castigo de Allah aos infiéis tupiniquins. A missão de ambos, no entanto, não obteve sucesso. Veja o porquê.

Domingo, 21:47hs:
Os dois terroristas chegam ao Aeroporto Internacional do Galeão, vindos da Turquia. Suas malas são extraviadas e depois de mais de oito horas de peregrinação por diversos guichês, conseguem sair do aeroporto após serem aconselhados pelos funcionários da Varig a voltar no dia seguinte, pois assim, talvez, teriam mais sorte. Pegam um táxi na saída do aeroporto. O taxista percebe que são estrangeiros e leva uma hora e meia dando voltas com eles pela cidade para abandoná-los em um lugar ermo da Baixada Fluminense, tendo parado no caminho para que dois cúmplices os assaltem, batam neles e lhes roubem os dólares.

Segunda-feira, 14:30hs:
Graças ao treinamento de guerrilha que receberam nas cavernas do Afeganistão e nos campos minados da Somália, os dois terroristas conseguem chegar a um hotel. Decidem alugar um carro na Hertz, em Copacabana, e se dirigem ao aeroporto para seqüestrar um avião para jogá-lo bem no meio dos braços abertos do Cristo Redentor. Pegam um congestionamento monstro por causa de uma manifestação de estudantes e professores em greve e ficam horas parados, além de terem seus relógios roubados em um arrastão no meio do congestionamento.

Segunda-feira, 16:45hs:
Decidem parar no centro da cidade e procurar uma casa de câmbio para trocar o pouco que sobrou de dólares e recebem notas de R$100 falsas, dessas que são feitas grosseiramente a partir de notas de R$1.

Segunda-feira, 18:20hs:
Chegam, por fim, ao aeroporto do Galeão com a firme intenção de seqüestrar um avião. Os pilotos da VARIG estão em greve por mais salário e menos horas, e os controladores de vôo também estão em greve pois querem equiparação salarial com os pilotos. O único avião disponível na pista é um da Transbrasil, que havia sido fretado para a Soletur, mas sem combustível. Os empregados e os passageiros estão acampados na sala de espera e nos corredores do aeroporto tocando pagode e gritando slogans contra o governo, os pilotos e o Roberto Marinho. A polícia de choque chega batendo em todos, inclusive nos terroristas.

Segunda-feira, 19:05hs:
Finalmente a calma reina e os dois filhos de Allah, ainda ensangüentados, se dirigem ao balcão da Transbrasil para comprar as passagens. Mas o funcionário que lhes vende os bilhetes omite a informação de que os vôos da companhia estão suspensos por tempo indeterminado.

Segunda-feira, 22:07hs:
Os terroristas discutem entre si, na dúvida se destruir o Rio de Janeiro, no fim das contas, é um ato terrorista ou uma obra de caridade.

Segunda-feira, 23:30hs:
Mortos de fome, decidem comer alguma coisa no restaurante do aeroporto. Pedem um sanduíche de churrasco com queijo e uma limonada.

Terça-feira, 04:35hs:
Se recuperam de uma intoxicação alimentar de proporções eqüinas no hospital Miguel Couto, devido à carne estragada do sanduíche. Depois de terem esperado horas para que o socorro chegasse e serem atendidos por uma enfermeira gorda, feia e mal-humorada, ficam 4 dias internados no corredor do hospital em macas improvisadas. Seria questão de dois dias, se não fosse pela cólera devida à limonada feita com água contaminada.

Domingo, 18:20hs:
Saem do hospital e chegam próximos ao estádio do Maracanã. O Flamengo acabara de perder para o Bangu, por 6x0. A torcida do Flamengo confunde os terroristas com integrantes da torcida adversária e aplicam-lhes uma surra sem precedentes.

Domingo, 19:45hs:
Finalmente são deixados em paz, com dores terríveis pelo corpo. Vendo uma barraca de venda de bebida, decidem se embriagar (uma vez na vida, mesmo que seja pecado!). Tomam cachaça adulterada com metanol e voltam ao Miguel Couto.

Terça-feira, 23:42hs:
Os dois terroristas fogem do Brasil em um barco que roubam na Baía de Guanabara. Juram por Allah que não vão fazer atentados contra o Brasil e que preferem os Estados Unidos, onde as conseqüências são menores...

Bin Laden, se no Rio de Janeiro não daria certo, fica aqui outra dica:

domingo, 1 de novembro de 2009

Bow Wow - Pure Rock Ballads (2007)

01 - Bon Jovi - Always
02 - U2 - I Still Haven't Found What I'm Looking For
03 - John Sykes - If You Ever Need Love
04 - The Cranberries - Ode To My Family
05 - Robert Plant - 29 Palms
06 - Elton John - Believe
07 - Eric Clapton - Wonderful Tonight
08 - Peter Frampton - I'm In You
09 - 10cc - I'm Not In Love
10 - Joan Osborne - One Of Us
11 - Kiss - Beth
12 - Styx - Babe
13 - Scorpions - Wind Of Change
14 - Extreme - More Than Worlds
15 - Free - Love You So
16 - The Who - Love Reign O'er Me
download